Um dos maiores erros que as pessoas cometem ao buscarem madeixas mais bonitas e saudáveis é achar que o importante é o que se coloca nelas: shampoo, cremes, condicionador, etc. Os cabelos refletem a saúde interna, e, evidentemente, crescem de dentro para fora! É muito mais importante o que você ingere e seus hábitos saudáveis em geral, do que os produtos que você usa nos fios, que podem fazer uma diferença, mas não garantem cabelos saudáveis no longo prazo. Vamos dar uma olhada em 10 super alimentos que contribuem para cabelos fortes, sadios e bonitos.

Se você nasceu com cabelos finos e lisos, você nunca terá cabelos grossos e cacheados, é claro, independente de quão bem nutrida você seja (sem mudá-los através de processos químicos), porém, uma dieta balanceada e rica em proteínas e ferro, além de muita água podem fazer uma grande diferença nos quesitos velocidade de crescimento, brilho, tendência à quebra dos fios, queda e força.

Dica: este link aponta para um site que vende um e-book prometendo reverter a calvície (se não estiver muito avançada) usando métodos naturais. Tem garantia de devolução do dinheiro, em caso de insatisfação. Talvez você queira conferir.

alimentos saudáveis para os cabelos

#1 – CAMPEÃO DE BILHETERIA PARA UM CABELO SAUDÁVEL E LINDO: SALMÃO

É difícil bater o salmão no que diz respeito à sua capacidade de deixar cabelos e pele com aparência de cair o queixo. Carregado de ômega-3, tipo de gordura do bem necessária para diversas funções corporais essenciais e responsável pelo brilho estonteante das madeixas de diversas celebridades como Cindy Crawford e Jennifer Aniston, o salmão também contém proteínas de alta qualidade, ferro e vitamina B-12, ingredientes também essenciais para cabelos bonitos.

O salmão, além de deixar seus cabelos lindos e saudáveis, ajuda a melhorar a aparência geral da sua pele também. O dermatologista das celebridades, Nicholas Perricone, coloca suas clientes, que incluem Cameron Diaz, Catherine Zeta-Jones e Jennifer Lopez, numa dieta rica em salmão e ainda indica em seus livros que esse alimento é tão poderoso que pode ser usado em situações emergenciais como por exemplo, quando você precisa estar com a pele e cabelo impecáveis em 3 dias para uma festa.

Se uma dieta rica em salmão não cabe em seu orçamento, uma dica é obter em farmácias ou lojas de produtos naturais óleo de salmão em capsulas. Não é a mesma coisa, pois você não está obtendo as proteínas, o ferro, nem as vitaminas, mas pelo menos você ingere o ômega 3 de alta qualidade. Os outros itens você pode buscar em outros alimentos mais em conta!

Existem também outras fontes naturais de ômegas (3, 6 e 9). Uma das melhores fontes é a linhaça. Compre farinha de linhaça e comece a colocar um pouquinho em tudo o que você come. Você pode misturar em sucos e vitaminas, misturar com o tempero de saladas, molhos, etc. A linhaça também contém fibras que ajudam a regular o intestino, o que também contribui para uma pele bonita.

Dica: clique aqui para comprar ômega 3 em cápsulas, com desconto e brindes

#2 – VEGETAIS DE COR VERDE ESCURA

Espinafre, brócolis, agrião e seus companheiros verde escuro são ricos em vitamina A e C, ingredientes necessários para que seu corpo produza sebo, a substância oleosa que dá brilho aos cabelos. Não tenha medo desses alimentos, mesmo se você tem cabelos oleosos! Uma alimentação saudável e muita água é capaz de regular a produção de sebo. Cabelos oleosos podem ter sua condição melhorada drasticamente cortando-se alimentos gordurosos, excesso de carboidratos e açucares e tomando bastante água.

Vegetais de cor verde escura também contém ferro e cálcio. O espinafre é rico em luteína, um carotenóide importantíssimo para a saúde dos olhos, além de ser um poderoso antioxidante (previne o câncer e retarda o envelhecimento).

#3 – FEIJÕES

Feijão (de todos os tipos) e lentilha providenciam além de proteínas que ajudam no crescimento e força dos cabelos, ferro, zinco e biotina que previne cabelos quebradiços. Comer feijão ou lentilha 2 ou 3 vezes por semana já é o suficiente para obter as doses necessárias dessas substâncias.

#4 – NOZES

É incrível como o conhecimento popular cria e perpetua mitos que levam as pessoas a evitarem alimentos que lhe dariam justamente o que elas mais precisam! Eu lembro de quando criança, minha mãe me dar broncas por comer muitas nozes. Segundo ela, a gordura das nozes entupiria minhas veias e me daria cabelos e pele oleosos! Minha mãe, coitada, não sabia nada sobre nutrição e simplesmente repetia o que ela tinha ouvido falar

Nozes são ricas em selênio, um mineral importantíssimo para a saúde do seu couro cabeludo. Selênio também é um mineral que ajuda a prevenir câncer e Alzheimer. Além disso, nozes contém os tão desejados ômega 3 e ácido alfa-linoleico e também zinco, que previne e reverte a queda de cabelos.

#5 – AVES

Frango e peru contém proteínas de alta qualidade que ajudam no crescimento saudável dos cabelos (lembre-se: cabelos são feitos de proteínas, se sua dieta não contém altas doses de proteínas de boa qualidade, seu cabelo não poderá crescer de forma saudável).

Se você tem problemas com queda de cabelos ou cabelos fracos, dê uma olhada em que tipo e quantidade de proteínas de alta qualidade que você está ingerindo. Pessoas vegetarianas geralmente tem problemas com os cabelos, pois lhes falta proteínas na alimentação diária. O ideal para uma pessoa adulta é consumir 1.5g de proteínas para cada Kg de peso. Se você faz exercícios para aumento de massa muscular, esse valor deve ser 2g de proteínas para cada Kg de massa corporal.

#6 – OVOS

Se você ainda acha que ovos são vilões da alimentação que aumentam o seu colesterol e engordam, passe uma borracha nessas crenças absurdas que já foram desmentidas pela ciência há mais de 20 anos!

Incrivelmente, alguns mitos são tão martelados na cabeça das pessoas (talvez pela mídia) que por mais que a ciência prove o contrário, décadas se passam e as pessoas ainda continuam acreditando no mito. A crença de que você deve evitar gema de ovos como a praga para não engordar e para não aumentar o colesterol data dos anos 80. Pessoal, é 2009 já e a ciência já descobriu que não é bem assim há mais de 20 anos!

O que me deixa ainda mais embasbacada é a quantidade de médicos que não se atualizam e continuam dizendo as mesmas baboseiras para seus pacientes! Uma de minhas clientes veio me contar esses dias que foi num médico para queda de cabelos e ele enfatizou o quanto era importante que ela evitasse gema de ovos. O médico em questão devia ter seus 70 anos. Eu disse pra ela o que provavelmente é a mais pura realidade, esse doutor foi pra faculdade há 50 anos atrás (literalmente) e nunca se atualizou.

A verdade sobre os ovos (inteiros, incluindo a gema!) é que eles são um dos alimentos mais completos na natureza. Sendo uma das melhores fontes de proteínas de boa qualidade, os ovos também são ricos em ômega 3 (o que aumenta o colesterol bom, baixando o ruim!), além de biotina (anti-quebra) e vitamina B-12.

A confusão que seu deu no passado é que quando ainda não sabíamos que existem gorduras boas e más, colesterol bom e ruim, tudo quanto era fonte de gordura era considerado ruim, daí os mitos contra os ovos e as nozes. Se você ainda acredita nesses mitos, dê uma pesquisada e atualize-se!

#7 – GRÃOS INTEGRAIS

Pães integrais, cereais integrais (cuidado com os cereais para criança que contém açúcar!), arroz integral e demais massas integrais são ricas em fibras, zinco, ferro e vitaminas do complexo B.

Evite massas brancas, assim como arroz branco. O processamento industrial que esses alimentos passam os deixam pelados sem nutrientes. Esses alimentos acabam sendo apenas um amontoado de carboidratos de baixa qualidade que só contribuem para aumentar a circunferência da sua cintura e nada mais!

Cuidado com produtos integrais empacotados como bolachinhas integrais. Dê uma olhada no rótulo para ver a quantidade de gordura. Muitas dessas bolachinhas contêm uma grande quantidade de gordura de baixa qualidade, por isso o fato de que elas são feitas com grãos integrais não justifica seu consumo.

#8 – OSTRAS

Ostras são conhecidas como poderosos afrodisíacos, mas seu consumo também ajuda na saúde dos cabelos. O segredo das ostras está no zinco, um poderoso antioxidante. Antioxidantes combatem os radicais livres que provocam envelhecimento e doenças.

Se ostras não cabem em seu orçamento ou não fazem parte de sua alimentação cotidiana, você pode obter zinco de diversas outras fontes, incluindo outros alimentos citados nessa lista, além de carne de boi e carneiro.

#9 – LEITE DESNATADO E DERIVADOS

Cálcio é um mineral importantíssimo para o crescimento regular dos cabelos. O consumo de leite, de preferência desnatado para evitar a gordura em excesso, também ajuda a manter os ossos e dentes saudáveis e diversas pesquisas tem demonstrado o papel do cálcio na manutenção do peso e emagrecimento.

Iogurte desnatado é ainda melhor pois contém as culturas ativas que ajudam o sistema digestivo a funcionar com maior eficiência.

#10 – CENOURA

Extremamente rica em vitamina A, a cenoura ajuda a manter o couro cabeludo saudável, além de uma visão afiada.

O ideal é consumir cenouras cruas para não perder parte de suas propriedades no processo de cozimento.

Aliás, dê preferência para alimentos crus sempre que for possível.

10 dicas para cabelos mais saudáveis

E como não poderia deixar de ser, minha última dica é o que permite que todos esses nutrientes sejam utilizados eficientemente pelo corpo: ÁGUA!!!

Não se fixe em quantidade, 2 litros, 4 litros, cada um diz uma coisa. O ideal é não deixar seu corpo desidratado em nenhum momento do dia. Para isso, adquira o hábito de tomar um copo d’água por hora.

10 ALIMENTOS PARA CABELOS MAIS SAUDÁVEIS
5 (100%) 2 votes